04 março 2007

Thanks for


Thanks for the wild turkey and
the passenger pigeons, destined
to be shit out through wholesome
American guts.


Thanks for a continent to despoil
and poison.

Thanks for Indians to provide a
modicum of challenge and
danger.

Thanks for vast herds of bison to
kill and skin leaving the
carcasses to rot.

Thanks for bounties on wolves
and coyotes.

Thanks for the American dream,
To vulgarize and to falsify until
the bare lies shine through.

Thanks for the KKK.

For nigger-killin' lawmen,
feelin' their notches.

For decent church-goin' women,
with their mean, pinched, bitter,
evil faces.

Thanks for "Kill a Queer for
Christ" stickers.

Thanks for laboratory AIDS.

Thanks for Prohibition and the
war against drugs.

Thanks for a country where
nobody's allowed to mind the
own business.

Thanks for a nation of finks.

Yes, thanks for all the
memories-- all right let's see
your arms!

You always were a headache and
you always were a bore.

Thanks for the last and greatest
betrayal of the last and greatest
of human dreams.

William S. Burroughs - Thanksgiving Prayer, um poema publicado no seu livro Tornado Alley (1989)

Em 1991, Gus Van Sant convidou Burroughs para realizar uma curta-metragem baseada nesse poema. W. Burroughs já tinha feito o papel de "Tom the priest" no filme "Drugstore Cowboy "



Thanks for A Nacked Lunch e Jazz Manel no concerto dos Coty Cream + Beeper + dj: Mário Valente, ontem no Lounge.

24 comentários:

cf disse...

...

"Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for" "Thanks for"

Anónimo disse...

Gus Van Sant e Burroughs.

E concertos ontem à noite?


Thanks for!


J.

Bandida disse...

bravo!!!!!!!!!!!!!!!



B.
____________________________

Naked Lunch disse...

obrigado...!!!

Jazz Manel disse...

just...thanks!!!

Anónimo disse...

ó Nuno Rogeiro, dá uma bazucada na tua prórpia tromba, para
arejares a cabeça.

Naked Lunch disse...

já vi a sequência completa... a associação está excelente... mais uma vez... obrigado...

Anónimo disse...

Thanks for...uma bela oração beat.
E haja boa música portuguesa. Vou tentar ouvir os Coty Cream.


Inês

cs disse...

Lá vão acontecendo coisas...

m.i.m. disse...

a voz doce do burroughs… eu vivi na mouraria. rock!

Anónimo disse...

Thanks for merdinhas things.
Z.C

purita disse...

hpgoprivilégios de alguns!!:)

linhas tortas disse...

As coisas que perco!

Thanks pelas coisas/propostas boas.

intruso disse...

pois...

[esse filme do G.V.Sant conheço...
é curiosa a presença do Burroughs...]

Carrie disse...

Thanks for the moment.

macaso disse...

Continuo com vontade de aqui chegar.

Thanks for...

ana disse...

Saint Burroughs ?

Mauricio disse...

Muuuito bom!

Lembra meus tempos que lia Bukowski, John Fante outros.....

abraço!

citizenmary disse...

Obrigado por podermos ter a informação por aqui. Arredada de coisas a mais, overloaded. Mas vou tendo, graças a ti, uma ideia do que se passa para lá da galáxia. E desta fico com pena... Anyway, thanks.

corpo visível disse...

.
deliciosamente acutilante e subversivo.
.
.
para muita pena minha não consegui segurar ninguém em lisboa para os coty cream.
.
nessa noite o porto era demasiado apelativo: o encerramento do fantas e o baile dos vampiros com a peaches, clubbing na casa da música e a noite da gigi no triplex...
.
já bastou ter perdido na véspera a little annie em serralves com a companhia da baby dee.
.

Anónimo disse...

Mais um post?
J.

M.M. disse...

Thanks!
Excelente, isto.
Já foste ver a peça? Diz quando quiseres ir, ok?

Anónimo disse...

uau. Não conhecia.
P.

Klatuu o embuçado disse...

Adorei. É inconfundível... a voz, a atitude, o rosto.