14 junho 2007

Lear - King of "nonsense" (1812 – 1888)




A Book of Nonsense, de Edward Lear, livro com setenta de dois poemas, acompanhados de ilustrações do próprio autor. Os poemas curtos, de quatro ou cinco versos que compunham o livro receberam posteriormente a designação de "limericks"



Versão a cores de "A book of Nonsense"


A Botânica Leariana
O Alfabeto Leariano

24 comentários:

ana disse...

Tenho de trabalhar mas para já não vou resistir à Botânica e ao Alfabeto do rei lear.

Anónimo disse...

Let it Be. Let it. To Be.

purita disse...

muito giro

art&tal disse...

queres uma cartilha das maes?

se encontrar...

tá hiper velha mas

a cavalo dado...

Maria disse...

Fantástico! E porque é que me lembrei da Morte Melancólica do Rapaz Ostra?

(sobretudo da Staring Girl)

Imaginários, imaginários...

Lis disse...

Que giro! Semelhanças com O'Neill.

Anónimo disse...

Boa... Boa
Só agora é que topei que esse número estava lá pelo Mercado.
Boa carta, antiga.. essa.

Anónimo disse...

o post é tão grande que me enganei e escrevi no do vespão...


Lear e pouco tempo depois Carroll, mas Lear tenho de explorar muito mais.
Inês

linhas tortas disse...

Que coisa maravilhosa, deliciosa. Não sabia de nada disto, não sabia dos "limericks".

(claro que não me zango. diversidade é que é bom e sobretudo LIBERDADE DE EXPRESSÃO. tem lá um cheirinho de Epicuro para ti)

Anónimo disse...

Um ilustre desconhecido para mim. Mas só até agora.
J.

Frioleiras disse...

Espantas-m sp. Merdinhas !

O que tu "apontas", as curiosidades que , contigo , aparecem, o q encontras, o q aprendo contigo,

gosto muito...
Thks

intruso disse...

[já olhei várias vezes para o post, para as imagens...

nem soube o que comentar...

as imagens e os links estão gravados_ pérolas...]


delicious.....

Anónimo disse...

Também me perdi aqui, neste post anterior a Lewis Carroll.
Zc

art&tal disse...

... nao resisiti.

aquilo é letra de florence foster

nao acredites no CANTO

Anónimo disse...

.às vezes dedilho.
.depois de muito passar.








(piano)

Haddock disse...

há algumas coisas que me irritam na caixa de comentários:
1) que me deixem displicentemente o cartão de visita sem efectivamente me terem visitado;
2) que simplesmente marquem presença com "beijinhos" (coisa rara, aliás);
3) ou que atirem com um simples "gostei!", às vezes em jeito de retribuição de uma visita.
4) é claro que também não gosto que me insultem, mas a freguesia é, em geral, bem comportada.

tudo isto porque... gostei!!
mas como só "gostei" é manisfestamente pouco, deixo-te o intróito.

e há nursery rhimes do arco da velha!

Bandida disse...

tu consegues deixar-me à toa.

o que eu aprendo por aqui para ir pensando por lá.


beijo BB

B.
____________________________

0.02 disse...

j+a ouvi falar do merdinhas noutros sítios,
e os desenhos,bem fizes, mas passei só de raspão,
ha, e gostei de ver a &etc

é assim

triliti star disse...

non sense makes sense...
now and then.

always?!

linhas tortas disse...

Ainda não fui, espero ir se tudo correr bem.A sugestão dos hedonistas é uma boa sugestão.

(adorei a Adelina Lopes nos segredos.)

Anónimo disse...

gostei de passar o teu blog a pente muito fino

F.Sousa

D. Maria e o Coelhinho disse...

When I arrived at "g" I gor affraid
of arriving at "r". But I was lucky...


Coelhinho

Bandida disse...

passo a passo. passo.



e beijo.


B.
____________________________

Anónimo disse...

enquanto não há outro post exploro este.
J.