07 abril 2008

MICHAEL DUDOK DE WIT


"O Monge e o Peixe", 1994


"Pai e Filha", 2000


"O Aroma do Chá", 2006

17 comentários:

Anónimo disse...

Desse senhor holandês conhecia do Monge e do peixe. Os outros só vi agora
J.

Bandida disse...

o chá de uma sensualidade extrema... a abrir brechas no corpo.

adorei!!

beijo.

Bruxo disse...

Calculável.

art&tal disse...

goooooooooooooooooooooooooooooood

ana disse...

E vou ver outra vez!

intruso disse...

(afinal não conhecia... o primeiro)

muito bom
[e ainda me ri...]

:)

Haddock disse...

pronto, perdi o telejornal!!!

por partes...

1ª) o que aquele peixe se deve ter divertido!!! foi a única vez em que me imaginei peixe só pelo gozo de ver monges gordalhufos aos pinotes para me apanharem...

2ª) chorei baba e ranho... mas há ali trauma...

3ª) um chá exótico, sim... dançante, diria.

merdinhas, estás perdoado pelo telejornal. vejo o da 2, que é melhor.

Anónimo disse...

Não conhecia até hoje.
Z.C

triliti star disse...

wit é muito bom.

Father and Daughter sempre que vejo me emociono.

take.it.isa disse...

:)

adoro!

Bandida disse...

mais uma volta por aqui... que maravilha!! :)

licopódio disse...

um portento, o De Wit.

Anónimo disse...

Dudok. Já não me esqueço.
I.

Naked Lunch disse...

excelente!

Mario disse...

Astonishing!

ana disse...

Gostei muito., não sei o que mais posso dizer.

[A] disse...

[conheci pela mão da nossa saudosa Menir]