25 maio 2006

Lunchtime atop a Skyscraper, New York, 1932

Anónimo

17 comentários:

DIAFRAGMA disse...

Se isto não for uma montagem, e quase de certeza que não é, é de arrepiar os cabelos. Era o que se chamava "Segurança no trabalho".

estonteamento disse...

nope... não é montagem.
e relembrar que houve um homem com uma máquina em punho, sem zoom e que foi lá.

Anónimo disse...

Hellooo! Alguém pensa que os gajos da esquerda conseguiriam manter-se em equilíbrio aquela altura??? Eles estão inclinados para a frente. Teriam de abrir os barços para terem algum equilíbrio. E as correntes de ar?
Zé Carlos

holeart disse...

só depois do charro.

passarada humana em fio electrico

Naked Lunch disse...

sempre gostei desta foto

macaso disse...

Trabalhar na corda bamba...
Estou como o Naked, sempre gostei dessa foto. Arranja-me mais de N.Y. Pode ser?

Anónimo disse...

E este cromo ? Chega a ter graça.

B.P.

Anónimo disse...

Têm, no site do cromo , de clicar em "lifesize sculpture" - ou irem por aqui.

B.P.

Coolme disse...

Montagem ou não gosto da foto.
E o link do BP é apropriado.

Mendes Ferreira disse...

vertigem.
vertigens.


faz mal às digestões....

beijo.

La Pasionaria disse...

Longa tradição americana de orgulho operário (e de operários de orgulho artesão).

(Refiro-me à foto e ao link do B.P.)

Anónimo disse...

Tão longe e tão perto....
e tão alto.
Z.C.

Vera disse...

vertigem ontológia ou antológica?
"O poema ensina a cair
sobre vários solos
desde perder o chão repentino sob os pés"

(L.Neto Jorge)

Maria Pedro disse...

Já conhecia. É fantástica, sim!

M.M. disse...

"passarada humana em fio electrico" ahahaha!

"sempre gostei desta foto"

porra, era isto que eu ia dizer, Naked!

Jazz Manel disse...

...e assim começou a comida light!...

Galeria Colectiva disse...

esta fotografia é tão tipica que já enjoa