26 outubro 2007

Antropologia de um planeta











Jan Fabre, Anthropology of a planet, no Palazzo Benzon

18 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma vez antevejo vida e morte nessa antropologia do planeta. ......vou ver os links. Adivinhei que terias um post novo hoje. Bom fim de semana.
J.

Bandida disse...

enquanto o planeta roda. e as rotações e as translações. enquanto for...

mais um magnífico post!


beijo BB


B.

intruso disse...

um planeta em metamoforses
(matérias que vão fundido, deixando de ser...)

Haddock disse...

"antropologia de um planeta"? onde??

Anónimo disse...

"...Ces moments de transition, entre le visible et l'invisible, le jour et la nuit, la vie et la mort, l'immanence et la transcendance constituent la quintessence de l'œuvre de Jan Fabre...."

e do planeta.

Z.C

Haddock disse...

...
recebido. agradecido. roger. over and out!

art&tal disse...

e um destes dias o planeta cai

espectaculo e crueldade a mais.

que tal um diluvio sem arca?

ana disse...

E não fosse Jean Fabre. Por aqui a coreografar uma antropoterapia.

corpo visível disse...

.
não sei. eu ia mais pela arca sem dilúvio.
.

take.it.isa disse...

a perfeição dos corpos. não astrais.

Anónimo disse...

Uma impaciência em relação às fronteiras da Arte e um gosto pelas Ciências Naturais,que deve ter herdado do bisavô, o entomologista francês Jean-Henri Fabre...daí tantos insectos...

E por falar em insectos lembro as metamorfoses, as nossas metamorfoses e as metamorfoses do planeta.

Gosto de o ver a conduzir o seu cérebro até Veneza.
uma abraço anónimo

Anónimo disse...

E a astrologia? Terminas em Dezembro. E depois? tudo continua na mesma amigo. Incrivel, não é? As voltas que isto dá... ou vai dar que falar.

Anónimo disse...

Não te assustes com disparates.

clmoddn

Frioleiras disse...

vi obras dele em Salzburg mas, confesso, acho-o um pouco "forte" demais... mas, muito bom, evidentemente....

Frioleiras disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Nao gostei.... acham que é arte?

Anónimo disse...

Deixo-te uma noção de arte "institucional":
Uma obra de arte no sentido classificativo é (1) um artefacto, (2) sobre um conjunto de aspectos do qual foi conferido o estatuto de candidato para apreciação por uma pessoa ou pessoas actuando em nome de uma certa instituição social (o mundo-da-arte).
[Dickie, «What is Art?», pág. 23]

Fabre é arte sim.
J.

[A] disse...

Fabre measuring the world?