09 fevereiro 2008

The brown lady

Indre Shira, “The brown lady”, 1936
...

9 comentários:

Anónimo disse...

O mistério nas escadas e o fim do mistério nas reticências que ontem não se deixavam ler...
J.

is disse...

teria sido um misterioso caso sério para sir conan doyle!

purita disse...

ainda as escadas?

ana disse...

...Ils remarquent que l'elle porte une robe brodée brune, et l'observe passer à leur hauteur en les fixant d'une manière si diabolique qu'ils en sont terrorisés. Marryat sort alors de derrière la porte et tire sur la forme avec son pistolet. La balle passe à travers la figure fantômatique qui disparaît immédiatement...

isso de dar tiros a fantasmas é um tanto ou quanto estranho...

art&tal disse...

tenho uma igualzinha

entre a dura mater e o ceu.

sei lá para onde me leva

intruso disse...

assusta-me sempre esta imagem;
imagino-me a encontrar algo assim numa escada.

(mas ok, é "embuste")

:)

Bandida disse...

ao contrário do intruso, adorava encontrar alguém nestas escadas. assim transparente. fascinante.


B.


p.s. para a próxima?.... é urgente...

Anónimo disse...

e eu que queria um fantasma verdadeiro só para mim...
Z.C

Haddock disse...

brown??
nome de família??