04 fevereiro 2008

Desequilibrio

Alfred Hitchcock, Blackmail, 1929, (fotograma)

Alfred Hitchcock, Vertigo, 1958, (fotograma)

14 comentários:

Anónimo disse...

Desequilibrios e vertigens...e escadas....
Z.C

Diogo disse...

:)
Nunca vi... mesmo.
Destas fiquei curioso.

intruso disse...

curiosa, a raridade do blackmail...
:)

(ele também tinha uma "tara" por escadas)

[o vertigo é um filme brilhante, e nem é pelas escadas ou pelas vertigens apenas..... vontade de rever!]


p.s.
e outro é este

[A] disse...

Tiro o chapéu e inclino-me perante este magnífico post.

(apetece-me "deletar-me")

by the way... disse...

na experiencia to éter todos os passaros me pareciam trombones

as escadarias

carrilhoes de intriga cinefila

razao tinha o gancho

Haddock disse...

os corrimãos!!!
agarrem-se!!!




magnífico!!!

(... qual gancho??)

Anónimo disse...

Um post alto...
J.

Anónimo disse...

Um inventor de formas...como o Murnau e o Eissenstein...

abraço amigo
quemsabequemtués

ana disse...

Vertigo ou Um Corpo Que Cai ou A Mulher que Viveu Duas Vezes ...apeteceu-me rever.

Lis disse...

Daqui a nada estamos todos a sonhar com escadas...e a culpa é toda tua!
E estas: http://www.fotosensivel.com/modules.php?name=coppermine&file=displayimage&pos=-1167?

Xis

Lord of Erewhon disse...

Excelente. Todos os filmes dele têm construções imagéticas fabulosas e intrigantes.

Diogo disse...

E inspiram todos o géneros de ondas criativas. :)

http://www.youtube.com/watch?v=7sjSHazjrWg

Bandida disse...

fabuloso!!


beijo BB


B.

Bandida disse...

desequilibrios em formas labirínticas.


B.