09 fevereiro 2006

Filme à Quinta: O Couraçado Potemkim, Eisenstein, URSS/1925





Escadaria de Odessa

11 comentários:

celeman disse...

Essa escadaria é memorável como outras coisas o são! Grande mestre.

Anónimo disse...

Odessa Odessa...a cena do carrinho de bébé por ali abaixo é espantosa e essa do link também. Grande filme.

Siegfried

Anónimo disse...

Famoso pastiche do rei dos ditos cujos, o Brian da Palma, nos Intocáveis (aquele das Finanças contra Capone...) - pastiche do carrinho nas escadarias de Odessa, quero eu dizer.

Roy

holeart disse...

um dos gajos da poesia concreta, haroldo de campos, publicou há uns anos uma antologiade textos chamada "idiograma - lógica poesia linguagem". dentro vem um curto texto do sierguéi eisenstein que se chama "o principo cinematografico e o ideograma". acho um texto muito curioso para perceber algumas coisas.

Coolme disse...

9 meses para ser concebido rodado e montado...primeiro em Leninegrado e depois em Odessa (em busca do bom tempo).

Proibido por muitos anos...até em países como a França...

Anónimo disse...

Junto à referência bibliográfica do Zé um texto de Malevich (ou Malievich?), publicado no catálogo da CCB Malevich and Film com o título "Painterly Laws in the Problems of Cinema", onde Malevich aplica ao cinema as questões que encontrara na pintura, comparando Eisenstein e Vertov com o cubismo e o futurismo e preferindo Vertov a Eisenstein.

Roy

Anónimo disse...

O pastiche da Palma: clique aqui quem quiser ver.

Roy

Anónimo disse...

Quem não tiver paciência, pode saltar logo para aqui.

Jazzie disse...

Grande couraçado.
Viva Spartacus e os que viram o filme no meio da censura...

Naked Lunch disse...

grande filme... quanto às cinco manias, não me f...s, é mesmo falta de jeito para estas coisas...

amie disse...

certo...