07 fevereiro 2006

Música à Terça: Globe Unity Orchestra


Globe Unity Orchestra em 1975. Da esquerda para a direita: Peter Brötzmann; Rüdiger Carl; Michel Pilz; Anthony Braxton; Evan Parker; Gerd Dudek; Kenny Wheeler; Enrico Rava; Günter Christmann; Albert Mangelsdorff; Paul Rutherford; Peter Kowald; Paul Lovens; Buschi Niebergall; Alexander von Schlippenbach.

Globe Unity Orchestra 67/70

A Globe Unity Orchestra inaugurou o último Jazz em Agosto (2005) - em tom de homenagem à memória do trombonista Albert Mangelsdorff, antigo membro do grupo fundado pelo pianista alemão Alexander Von Schlippenbach. Mangelsdorff morrera semanas antes (25 de Julho), em Frankfurt.

15 comentários:

Anónimo disse...

G.L.O.B.E U.N.I.T !!!!!!!!!!!!!!

Coolme disse...

Tenho um disco de que gosto bastante e que aconselho: "20th anniversary". E gostei dos links.

Fernando disse...

Chiça! E eu que pensava que Glenn Branca era música difícil...

Naked Lunch disse...

nunca ouvi (já ouvi falar). parece um pouco aquelas orquestras freaks dos 70's, associadas a movimentos de libertação (negras, na sua maioria). a ver se ouço!

estou de volta, abraço!

M.M. disse...

Olá

Não conheço. :-((
Obrigada pela sugestão, vou tentar ouvir qualquer coisa, ou fazer um down... oops, ou ir à Fnac e comprar o CD.
Bjs.

Sombra disse...

Gracias per tua visita :)

Yardbird disse...

Nunca ouvi. Aliás, no jazz as minhas lacunas são muitas e tenho pena

holeart disse...

heia grande merdinhas... grande proposta. free... mas no caso de 67 a remeter para sonoridades varese. achas isto "new thing" com influencia contemporanea improvisada? estou a perguntar.

amie disse...

eu bem que posso comentar, mas só para dizer que o que vejo por aqui são só novidades para mim!:)

merdinhas disse...

Remeter para sonoridades Varèse? Sim, mas acho que toda a música do pós guerra é herdeira de alguma das vertentes de Varèse.
O Free Jazz, acho eu, tem uma forte relação com a música erudita ocidental de tradição "clássica".

Thor disse...

Não conheço mas vou procurar ouvir alguma coisa.
Quanto ao teu comentário no meu blog, somos de facto civilizadISSIMOS quando comparados com estes lideres Islamicos senão ouve o discurso do Ayatola Khamenei (que só pode sofrer da tola) difundido hoje pela Tv iraniana.

matarbustos disse...

eia que som hardcore! também gosto deste jazz

holeart disse...

e tens tu muita razão. eu acho o mesmo.

(nota:art&tal e holeart é a mesma coisa)

Jazzie disse...

Gostei muito dos links...o do Peter Brötzmann, por exemplo. Não conhecia esse CD.

pisconight disse...

É possível escutar Wagner com a Cavalgada das Valquírias no meu blog!!
Para quem aprecia música a sério!!
;)