08 fevereiro 2006

Livro à Quarta: Maus I e II - Art Spiegelman




Maus foi, até hoje, a única B.D a receber o prémio Pulitzer (em 1992).






Os judeus são retratados como ratos, os alemães como gatos, os americanos como cães e os polacos como porcos.

15 comentários:

espantaespiritos disse...

BD imperdível.
tenho de ir escarafunchar no caos dos livros para reler.

As Musas disse...

Não conheço, mas parece bastante interesante.

Coolme disse...

Não sabia que já havia o MAUS II...E entrtanto descobri que também há "AS torres sem sombra" a ilustrar o 11 de Setembro.
O MAUS I tenho, li e gostei.

La Pasionaria disse...

E, entretanto, Israel (como os mitos hebraicos serviram, nas mãos de europeus e americanos, para legitimar o último acto colonialista: a invenção do estado de "Israel", no mesmo pós-guerra que descolonizou a África e a Ásia) já assassinou mais dois palestinianos, alegadamente culpados de qualquer coisa que nenhum tribunal julgou. Seriam ratos ou porcos (porque cães ou gatos não me parece - são mais predadores e tratamo-los melhor)?
Uma democracia pode não ser um Estado de Direito? Continua a ser uma democracia? E porque é que a Turquia tem de respeitar os Direitos Humanos para entrar para a UE e "Israel" não tem de os respeitar para ser tratado como igual pelo Ocidente? E porque é que "Israel" pode ter armas nucleares e o Irão não? A Palestina actual, a inventada por "Israel", não é um gueto e um grande campo de concentração? Mas pós-moderno e capitalista: os carcereiros (os do muro) vendem a água, o gás (sem ironia...), aos que estão lá dentro...
Quem são os gatos e quem são os ratos? A resposta é: ninguém - somos todos seres humanos, nem animais, nem demónios, nem deuses... Os Maus, os Bons...

macaso disse...

Confesso a minha ignorância: não conheço. Mas vou conhecer...

M.M. disse...

Tb não conheço, mas parece-me interessante.
Bjs.

sofia3r disse...

Uma BD a receber o Pulitzer? Não fazia ideia...

amie disse...

ting, mais um!:)

jose disse...

também não posso dizer que conhecesse antes de ler e ver este post, mas agora que passei a conhecer levemente acho que terei que averiguar melhor. parece interessante.

Jazzie disse...

Gatos, Ratos, Porcos e Cães. Gosto muito dessa BD. Mesmo que a Passionaria tenha alguma razão, ratos durante a segunda guerra mundial foram seguramente os judeus (também os ciganos, os comunistas...). Se não faz sentido ter morto judeus até à quinta geração também não faz sentido confundir avós ratos e netos cães. Os nazis foram maus mesmo que o Estado de Israel hoje faça das suas...O hiato temporal releva. E se somos todos seres humanos não estamos além do bem e do mal. A questão para mim coloca-se em quem mata.
Essas teorizações que dão vários sentidos ao que se valora, não havendo bem ou mal absolutos, mas dependendo da visão que se tem incomoda-me porque negligenciam a realidade, a morte causada. Sabemos que a realidade tem um caráter dinâmico, não é una, mas sim múltipla,que o ser é devir (Heraclito) e temos como conseqüência o homem como uma pluralidade de impulsos, cada um com sua perspectiva própria.
Sabemos isso tudo mas TODOS massacres devem ser lembrados, é sempre a perspectiva dos massacrados que deve ser lembrada, numa tentativa,talvez ingénua, de que se não repita. Porque somos todos pessoas, somos todos ratos porcos gatos e cães.
É o que essa BD faz.

pisconight disse...

Sou apreciador de BD, mas nunca ouvi falar desta. Vou já ver se encontro algo na net!! Parece ser muito boa!!
;)

Naked Lunch disse...

apesar de estar farto do argumento (muito), gostei muito dos dois. boa sugestão

sandra m. disse...

Faz-me lembrar o "Animal Farm" :)

wiSHEs&HEros disse...

Tenho esse. Do melhor.

maizine disse...

muito bons estes livros. Dão sempre vontade de reler. Obrigada pela visita :)