02 março 2006

Filme à Quinta: Elephant (Gus Van Sant, EUA, 2003)



Elephant/Trailer e entrevista con Gus Van Sant aqui

13 comentários:

Jazzie disse...

Parece um dia normal na escola mas afinal não é.
Esse filme é magnifico.

M.M. disse...

Adoro o Gus Van Sant, desde que vi o Drugstore Cowboy.
Excelente escolha, merdinhas!

jose disse...

confesso-me um não-fã de gus van sant, mas devo ter visto os filmes mais rascas dele.
este, mal por mal, foi o que mais apreciei.

Anónimo disse...

M.
Esse filme sim, sem hesitações.
Mas do documentário do Michael, do "Bowling for Columbine", gostaste?


Siegfried

Anónimo disse...

do Michael Moore...
Siegfried

BlogProwler disse...

Gosto da maneira como este filme convoca as questões, múltiplas e díspares (o piano e as metralhadoras), mas recusa qualquer explicação. É o que gosto nele. Bowling For Colombine, sempre mencionado a propósito (e vice-versa) e comparado (alguém interroga Merdinhas a propósito) faz o contrário: busca a explicação - principal e final. E acha que a encontra. Não é só mais simplista e menos contemporâneo (vivemos numa cultura de extrema complexidade), mas mais perigoso: identificada a causa pode eliminar-se. Reconfortante mas falso. O perigo está tanto no conforto como na falsidade.

merdinhas disse...

Se gostei do documentário (ficção?) do Michael Moore? Acho-o um tanto ou quanto demagógico...
Já agora um link:
documentário ou ficção.
"Elephant" é o contrário disso. Gus Van sant não tenta explicar nada.

BlogProwler disse...

Olha! Merdinhas a concordar comigo... Apocalíptico?

Obrigado pelo "link".

Sombra disse...

óptima escolha, ja tive a oportunidade de o ver :)

Anónimo disse...

As producer Dany Wolf describes it, "Elephant deals with an event from multiple perspectives, but not in the ‘Rashomon’ sense where you get the cause and effect. We don’t show cause and effect. And that’s daring in a sense, because it’s a subject where people want to be shown in unequivocal terms what caused it and the terrible effects."

Z.C (já cá não vinha há uns tempos...)

Coolme disse...

Vários cegos examinam diferentes partes de um elefante -a orelha, a pata , a cauda, o tronco etc- Cada um deles se convence que descobriu a verdadeira natureza do animal uma árvore, uma corda uma serpente, uma lança..., mas nenhum vê o elefante como um todo.
A parábola do titulo do filme...

CPiteira disse...

Elephant de Gus Van Sant?
puro e duro
realidade na ficção

wiSHEs&HEros disse...

É impressionante, este filme!