08 março 2006

Livro à Quarta: A Sangue Frio


Truman Capote

A história da morte da família Clutter, em Holcomb, Kansas, e dos autores da chacina. Capote decidiu escrever sobre o assunto depois ler no jornal a notícia do assassinato da família, em 1959. Quase seis anos depois, em 1965, a história foi publicada em quatro partes na revista "The New Yorker". Além de narrar o extermínio de uma típica família americana dos anos 50, o livro reconstitui a trajectória dos assassinos.

"I didn't want to harm the man. I thought he was a very nice gentleman. Soft-spoken. I thought so right up to the moment I cut his throat."
Perry Smith

I truthfully feel none of us have anyone to blame for whatever we have done with our own personal lives. It has been proven that at the age of 7 most of us have reached the age of reason -- which means we do, at this age, understand & know the difference between right & wrong. Of course -- environment plays an awfully important part in our lives such as the Convent in mine & in my case I am grateful for that influence. In Jimmy's case -- he was the strongest of us all. I remember how he worked & went to school when there was no one to tell him & it was his own WILL to make something of himself. We will never know the reasons for what eventually happened, why he did what he did, but I still hurt thinking of it. It was such a waste. But we have very little control over our human weaknesses, & this applies also to Fern & hundreds of thousands of other people including ourselves -- for we all have weaknesses. In your case -- I don't know what your weakness is but I do feel -- IT IS NO SHAME TO HAVE A DIRTY FACE -- THE SHAME COMES WHEN YOU KEEP IT DIRTY.

In Cold Blood

19 comentários:

M.M. disse...

IT IS NO SHAME TO HAVE A DIRTY FACE - THE SHAME COMES WHEN YOU KEEP IT DIRTY.

So very true.

Jazzie disse...

Além da "non fiction" como é esse caso, Capote tem que se ler.Reler.

As Musas disse...

Parece ser um livro muito intenso.
Ai que tenho tanto livro para ler e tão pouco tempo... tenho que fazer umas lista, pois já perdi muitos livros que queria ler...

Mendes Ferreira disse...

hello....então e a minha rosa?....fico triste....pois fico....T.Capote?


elementar....

beijos. prontos.

Mendes Ferreira disse...

hello....então e a minha rosa?....fico triste....pois fico....T.Capote?


elementar....

beijos. prontos.

sofia3r disse...

Nunca li nada dele, mas o senhor está na ordem do dia.

cognoscível disse...

A(minha)grande estreia.... e só para te sugerir o site:

http://www.chocotelegram.com.pt/

amie disse...

por acaso estou a ler, e só posso dizer que está muitíssimo bem escrito!

mimi-chocolat disse...

Ainda não li, mas sem dúvida que tenho que o fazer... não sei é se leio antes de ver o filme, acho que não me vou aguentar, vou mesmo ter que ir ao cinema...

mimi-chocolat disse...

Já agora, o livro dos stickers comprei na net em www.magmabooks.com, mas também já o vi à venda na Tema do Colombo.

duarte.n disse...

li o"Breakfast and Tiffany`s" que em português tem o título pavoroso de "Boneca de Luxo", e "Um Natal" um dos melhores contos de natal que alguma vez li. Tenho imensa curiosidade de ver o filme e de ler este livro (talvez por esta ordem)

J. disse...

A Ute Lempre podia emprestar a voz para a banda sonora do livro.
Excelente e oportuna escolha.
Uma escrita hiper cinematográfica, não fosse ele também um argumentista.

Handprint disse...

Ficou um pouco de curiusidade. Vai ser a minha proxima aposta de leitura!!!

jose disse...

nunca li nem me parece que vá ler nos próximos tempos, mas parece-me bem interessante.

nihil disse...

bela escolha, se bem que por motivos pessoais, o fahrenheit 451 em filme me tocou mais do que este, mas isso são coisas pessoais.

bjs, ana

corpo visível disse...

.
eu gostava de ler o livro antes de ver o filme, mas acho que não vai ser possível.
.
a minha maior curiosidade era tentar perceber o fascínio, os pontos de identificação do capote por esse caso em especial.
.
.
gosto muito do nome em inglês (in cold blood) que associo sempre ao legendary tiger man.
.

nihil disse...

ai santa, pensava que estava nos comments do filme, ooopppsss, sorry!!

mas sim, boa escolha aqui também!

bjs, ana

Marques disse...

Gostei muito deste livro. Antes de o ler só tinha lido o The Grass Harp, que adorei pelo sentido de humor. Este é denso e intrigante, lembro-me de ficar dividida e de me identificar com um assassino psicopata, o que me fascinou :p

macaso disse...

O psiquismo...sempre a mesma vontade de chegar mais perto, de saber mais. Extenuante...por ser tão intenso.